music

sábado, 18 de novembro de 2017


Não partiras sem mim... 

Tua presença invade
Aonde chegas conquista
E quando partes,
Apenas a saudade fica  

Até que possas bela
Novamente preencher
O coração que te esperas
Se recusa a ti esquecer

Sem tê-la, por aqui
Melhor eu não estar.
Eu prefiro estar ali
Para não vê-la se ausentar

Antes que se despeça
Eu prometo partir
Nada mais me resta,
Sem tê-la junto a mim.


(L.L.S)

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

(Sátira) Homens acuados...



Já ouvi cabra macho dizendo
que segura onça pelo bigode!

Homem de verdade não engole palavra,
tudo, o que vêm a boca, ele fala
as vezes amarela, mas nunca foge.

Fala mais ainda quando está cercado,
se sente mais forte e amparado.

Tem homens em minha terra,
que, "se julgam os feras!"

É o caso de Adalberto
moço muito vaidoso (daqueles)
que andam de peito aberto.

Mais pra frente que a linha do horizonte,
sempre procurando se exibir pra mulherada.

Lucélia a mulher provocada
 espalhou aos sete montes
(que Adalberto não tem pegada)

E, ele se defende dizendo que é mentira dela,
como reza a lenda,
"Quanto mais longes forem os ecos
menores são as feras.
Não se anuncie, surpreenda."

Gostosa! Sei não heim! Ê lá em casa!
Constrangedor o Malicioso
e algumas de suas conhecidas cantadas.

Lucélia não era mulher de rodear toco
Diz o que pensa olho no olho,
Rosto versus Rosto,
e gosta de resolver tudo, quando está sozinha.

E pensou ela, que o matador de onças
também era assim...

O cevou com olhares correspondidos
e o arrastou para um lugar muito bem escondido.
Pouco tempo depois ele voltou,
todo sem graça

Com Lucélia Ou vai, ou racha!
Eu acho que o afamado tronco de aroeira
rachou.
Não sabia ele que um dia é da caça
e o outro é do caçador.

O homem de pés no chão
mantém integro os seus segredos.
Não tem meio termos e nem segunda opção,
é macho o bastante para fazer valer os seus desejos.

Prepare-se melhor antes da investida,
Muita coisa mudou, de uns tempos para cá
As mulheres se tornaram mais ousadas e atrevidas,
Por poucas coisas, te colocam em seu devido lugar.

E, os homens estão sendo perseguidos
e forçados,
A fazerem valer os seus rugidos.
Se não tem toda essa valentia
aconselho-te a ficar calado,
amadurecer, e esperar pelo seu dia


L.L.S
Na hora H

Relacionamento! Até quando vale a pena lutar por ele?




Pra mim um relacionamento em crise deve funcionar,
mais ou menos igual a ilustração na imagem.
Devemos sim lutar por ele, até que fique bem claro
para o mais dedicado a salva-lo 
que a outra parte deseja mesmo partir.

Sendo assim não adianta você se agarrar sozinho/a
a mãos que não se seguram as suas.

Alguns senhores e admiradores da beleza feminina podem até dizer
acerca da bela Mulher na imagem, quê; 
Nem se arrancassem o meu braço eu largaria dela.

Já os mais românticos, que valorizam a força do verdadeiro amor
jamais deixariam que seus relacionamentos chegassem a esse ponto.

E, se chegasse haveria outra imagem igual a essa,
só que dessa vez o homem, lutando pelo amor da mulher que ama.

Boa noite a todos "os românticos e apaixonados
do G+."


 L.L.S
Um grande amor para quem merece-lo

(Conto) Ame a sua arte!


I-A busca a solicitude e a perseverança d'um Artista

Um jovem de muitas esperanças, se apaixonou pela musica.
Duas crianças envolvidas aprendendo a darem os seus primeiros passos,
juntos. Assim era ele e o seu primeiro primeiro instrumento musical um violão.

Depois de algum tempo, todos os seus amigos e familiares,
esperavam que o mesmo iria desistir (já havia se passado alguns anos)
E, ele ainda não havia aprendido tocar sequer uma canção.

Todos os dias, vinha em seu pensamento logo pela manhã,
o otimismo, e todos os dias ele dizia consigo mesmo;
⸺Hoje eu consigo! Tanto tempo praticando, renderá-lhe um bom conhecimento,
de notas e acordes, o que lhe faltava era habilidade para ritmos e batidas.

II- Parede de Aço

Mesmo assim por ele e para ele, era o suficientemente satisfatório o que conseguirá
aprender. Reconheceu, que jamais iria transformar a sua pequena arte, em algo
que pudesse apresentar ao publico em suas rodas de amigo, e familiares.

E decidiu manter aquela rotina, todos os dias ao entardecer,
sentava com o seu violão no colo, e meditava sobre tudo,
aos baixos sons de seus únicos arpejos. Mas isso começou a incomodar,
as pessoas mais próximas a ele, que começaram a critica-lo de maneiras indiretas.

"Quem se incomoda com o que não é seu,
sempre preferem jogar pelas tabelas da indiscrição
o que julgam incomodarem-nos."

—Dá pra tocar mais baixo esse violão! E, ele sem querer incomodar
foi abaixando e abaixando, até quase que o mesmo não conseguisse ouvir suas
leves e descompassadas batidas.

Ele pensou um dia;
—Só dizem isso porque eu não toco bem o meu violão)...

Perseverou, em sua paixão e queria dividi-la com todos, mas infelizmente não conseguiu,
mais do quê aquilo que ele já tinha. Ele amava aquele seu hobby,
mas a dupla pressão exercida sobre ele (por si mesmo e pelos outros)
Fez com que fosse desistindo pouco a pouco da música.

Até que um dia pensando mais nos outros que nele mesmo ele jogou a toalha
e triste suspirou olhando para o seu violão pela última vez disse;

—Desisto, eu não nasci mesmo para a música!
Lagrimas correram de seus olhos, a paixão pela arte, é como um vinculo sagrado
entre a vida e o amor do artista por ela.
Deixar de fazer o  que gostamos por motivos alheios,
é o mesmo que rompermos, com alguém que amamos
só porque as pessoas a nossa volta não aprovam o relacionamento.

No fundo ele não queria culpar ninguém, a não ser a si próprio
por ter escolhido um caminho que o levou até uma montanha intransponível.

Se sentiu assim, batendo em uma porta que jamais se abriria para ele

III-Amores da vida

ROMANCE:
Tristeza alguma resiste, aquele que insiste em ser feliz.
O jovem se apaixonou pela primeira vez, e foi correspondido em seu amor.
Com o coração inspirado e cheio de motivos alegres para dividir com ela
tocou sua vida na direção dos romances verdadeiros.

ESTUDO:
Estavam na faculdade, um sonhos dos dois que estava se realizando,
com as bençãos e ajuda de seus pais, que se orgulhavam muito de os verem
juntos. Tão novos, tão apaixonados e cheios de planos para o futuro.

CASAMENTO:
Foi lindo em essência, carinho, amor e virtude, todos os padrinhos e convidados
estavam perplexos e admirados, e alguns chegavam a cochichar entre si;
—(Nunca antes eu havia presenciado um casal,
que demonstrasse tanto amor e cumplicidade entre si como estes dois.)
Ai! Ai! Suspiros e encantos repousavam sobre todos.

TRABALHO:
Tornou-se um excelente profissional, da profissão que havia escolhido para ele,
talvez seja ele hoje, o melhor médico Clínico Geral de todo o estado do Mato Grosso do Sul.


FILHOS:
Eles ainda não tiveram nenhum, mas já está tudo preparado
os quartos, as primeiras roupinhas, e as vezes arriscam os primeiros nomes
(para darem rostos e formas) aos seus novos sonhos.

   
"São incontáveis os amores da vida, assim como é extensa a nossa capacidade
de nos entregarmos a eles."

IV-Quando uma pessoa se completa?

Em certo dia, ao entardecer, ela o observou olhando triste para o céu,
como se alguma coisa lhe preocupasse muito, ou estivesse lhe faltando.
Isso a incomodou muito, e fez com que fosse até ele na intenção
de conhecer melhor o homem de sua vida, e sem sombra de dúvidas
estava disposta a ajuda-lo, sem se importar com o que seria.
Ela queria apenas vê-lo feliz, ao seu lado por todos os seus dias.

—Querido o que que está te preocupando?
Dizendo isso, e explicando-o que se preocupava muito com ele.

—Não é nada sério, só estou me recordando de uma paixão que tive na adolescência....
E logo após antes que a mesma pensasse, não ser ela o grande amor de sua vida,
ele contou-lhe sobre a falta que sentia de seu primeiro violão. 

—Ora mas isso é muito simples vá busca-lo ou compre outro...!
—Só não entendo porque nunca havia me contando antes, eu adoraria
ouvi-lo tocando e cantando!

—Bem, querida ai que entra o problema eu não sei tocar!

A arte tem duas grandes virtudes, uma é feita para ser espalhada
pelo universo afora. E a outra só insiste em existir
porque alguém que a conheceu um dia, não será o mesmo sem ela.

—Não importa meu amor, se te faz bem, me fará também.

E ficou decidido então a partir daquele dia,
todos os dias todos os sonhos deveriam ser realizados.

Ela sempre o agradece
pelos pequenos trechos de música que ele consegue tocar.
Com carinho e admiração sincera,
e ele se sente completamente realizado agora,
a sua paixão em segredo tornou-a ainda mais bela.

Ele não aprendeu o suficiente para o mundo a sua volta,
mas o que aprendeu foi o bastante para ele e para ela.



L.L.S
Canções que eu nunca aprendi


POBRE DE MIM

Esmaecido vou-me à relutar 
Por novas passagens, antigas quedas
Como se o vinho nunca fosse acabar
Num ébrio alforje reconto moedas

E a naufraga alma enxerga a ilha
De todos os sonhos submergidos
Como se pudesse, ainda brinda
Desejos impossíveis n'um fraco sorriso

Quanto custa um bordão eterno?
Vejo a esperança do outro lado,
Esperando-me para as noites frias do inverno.
Galardes e promessas ao último soldado

Que no fim sempre se desespera
Não há fianças na ultima corte
Nem mesmos tuas lágrimas ó bela
Podem doar-me um tostão de sorte

Aos pés do levante eu descubro
Não tenho nada comigo, que possa levar
Dantes tem um escuridão de encerrar os rumos
E o porvir tem segredos, que eu não consegui comprar.



L.L.S

quinta-feira, 16 de novembro de 2017


Retribuição

Sabe aquela pessoa que ficou do teu lado,
quando todos te abandonaram?

"Aonde ele/a está agora?"

Se preocupe com quem se preocupou contigo,
Ah! E não se esqueça; Os quê abandonam sempre voltam, 
quando percebem que superamos os nossos problemas.
Não se iluda com estes,
pois poderá acabar se esquecendo daqueles que permaneceram
ao seu lado quando eles te deixaram sozinho.

Apenas os que ficam merecem
a força da nossa amizade.


(L.L.S)

Melindra Sertaneja

Foge a presa, ao encontrar do cerco.
Destino o chucro ao empunhar o laço
Por essas bandas, nunca erra o alvo.
Melindra triste, sonha galgando esmos...

Sertaneja bela, e do coração ferido
Tenho o meu rancho naquelas terras
Esqueces tudo, e vêm viver comigo
Cultivaremos campos e domaremos feras

Ao seu encalço galopando em trovas
Dei uma boiada para entrar na briga
Afastem todos! Ela é minha agora!
Arredia flor, por teu amor iniciei a lida

Castanho, o meu campeão de vaquejadas
E, de toda a tropa o melhor campeiro
Perto de ti, vaidoso trota, à mais bela de suas marchas
Porque foi treinado para atrair o teu olhar faceiro

A fogueira foi acesa, reúnem-se todos
Os contadores de historias e seus contos
Tremulam as chamas a silhueta do seu corpo
Tão segura, a vejo vindo ao meu encontro

Cá  pr'essas bandas, a palavra ainda tem valor
Prometo-lhe não vou mais fugir!
(Entrega-se Melindra) Juro-te para sempre o meu amor

Mais a frente, o boato se confirmou;
Pensava o Bruto ser o mais forte,
Mas foi ela quem o laçou!


L.L.S
Raízes do meu Sertão

Lucas 1;78,79
E isso, por causa das profundas misericórdias de nosso Deus, 
através das quais dos céus nos visitará o sol nascente, …




quarta-feira, 15 de novembro de 2017



Quando nos apaixonamos de verdade,
nossa vida se divide em duas. 
Uma parte nossa está com quem amamos,
mas também levamos conosco,
uma parte de quem nos ama.

Amor é mesmo um sentimento desinquieto,
que ó se acalma, quando se sente completo.

Queria ter você ao meu lado agora...💔


L.L.S

Príncipe Gótico

Me cercas o infausto enredo
Lúgubre,"à Sinistra" trama
Devasta meus anseios Ledos.
E a sombria guerra inflama

Encantamentos e estranhas afasias 
São caminhos aos nossos pés
História oculta em negras páginas
Apartai-vos luzidos e vossa fé

E, no exílio do tal Incrédulo
Aguardaremos, a desprezar o fim
E no obscuro empunhar do cetro
Defenderemos o nosso jardim

De flores púrpuras nos cercaremos. 
E para adornar o nosso poder insano
de alfombras mortas nos vestiremos.
Para dizermos em meio as trevas
Que o nosso amor é soberano.



L.L.S
Admirações ao Principado Gótico




VALENTE

Ao oculto de teus olhos avanço
Ainda que, com a tua boca negue
Tenho nas mãos o luzeiro branco
A lanterna dos deuses me foi entregue

Para caminhar nas mais escuras trevas
Tenho a frente a luz de teu olhar
Impetuosa lua que deságua na terra
Teus segredos acobertam o mar

Sou o príncipe de teus sonhos lindos
E não há outro com tão bravo ousar
"Um que lute tanto por teus sorrisos
E conquiste todos os brilhos de teu olhar."

Amando-a eu me entrego
Por favor não digas nada!
Antes conhecer o amor que levo
Ao teu encontro, mulher amada.




L.L.S
AMOR A POESIA

Viajantes do tempo...


A caminho da eternidade

Não houve adornos e pompas no fim,
Os amantes estavam sozinhos e juntos, como foi no inicio,
e como sonharam, eles conseguiram! Se realizaram.

Criaram filhos, amaram netos, e ainda alcançaram alguns bisnetos.
Toda a família está triste, menos os dois.

Os mesmos olhares e os mesmos sorrisos,
que foram prometidos, foram preservados entre eles.
Todos os seus filhos e filhas, estão casados
e se abraçam com ternura,
legado que estava sendo deixado por eles.
e para eles, uma herança eternamente inspiradora.

  Hoje olho no porta retrato, a imagem perfeita que eles
deixaram para todos nós.
Fecho os meus olhos, e suspiro profundamente
depois busco com o olhar, a mulher que está do meu lado
e a desejo com o mesmo amor que eles se desejaram.

Já não somos mais tão jovens, como quando nos conhecemos,
"dizem as pessoas a nossa volta." Eu nunca notei mudança alguma nela,
e acredito que ela também não, percebeu o quanto eu havia mudado.
" Ela é a mesma, mas com um porém,
está muito mais bela agora, e faz com que eu também me sinta."

A abraço e ela sonha em meu peito junto comigo,
...(Nós também chegaremos lá)
—eu sussurro em seu ouvido.




L.L.S
  

terça-feira, 14 de novembro de 2017


—Rega as tristes flores! 

Cantinelas embaladas e suaves suspiros
Inspirados versos puros, serenos de amor.
Veem-me! "Olhem-no: ele está louco de amor!"
Pensam todos que eu estou sozinho...

São meus olhos tristes, que os enganam
Não amam! E não conhecem quem ama!
Diga-os minhas lágrimas por quem se derrama
E prove-os poeta, que a si mesmo se enganam

Rego as tristes flores, 
por que também sou triste!

Se elas morrem, também morro
Se elas sofrem, eu também sofro!

Meu Criador me fez Poeta 
E, atou minh'alma junto a alma delas.


L.L.S
AMOR A POESIA

O livro das sabedorias desconhecidas



1° Conto: O Sábio Desconhecido


Seja breve!

—Tenho pressa!
Reclama o Impaciente,
aprendiz de rápidas olhadelas.
Sempre com um olho no tempo
e  o outro Desinquieto,
a esperar pela compreensão que
exigia-lhe muito silencio,
para ensinar-lhe a sabedoria que existe nela.

Antes que fosse avaliado, o Prematuro,
julgou-se pronto.
Sonhou alto, Antecipado, quis chegar logo ao seu futuro.

—Espere só mais um pouquinho...!
Pediu-lhe, a Sabedoria da Paciência.

—Não dá! —Sinto muito mesmo.
Ele se vai, o Apressado nem se despede
segue sem olhar para trás, Ligeiro,
e sem perceber o quanto ele perdia...

"E, é especificadamente o que não levamos
na bagagem o que mais iremos precisar
Memórias vivas e habilidade para usa-las ao nosso favor."

Pelo caminho,
logo a frente, sentiu que estava lhe faltando algo!
—Màs o quê?
Paciência a Insistente pedia-lhe; —Se acalme!
-eu posso repassar-lhe tudo novamente. —Se deveras quiseres mesmo aprender!

Presunçoso, ignorou-a e se foi,
e quase conseguiu chegar ao Mais Longe Possível.
Chegou a ver a Porta das Realizações a sua frente
mas ela estava fechada. Decepcionado
ele leu em um cartaz dependurado nela que dizia;
"ATENÇÃO: TENHA PACIÊNCIA E TRAGA CONSIGO A SUA SABEDORIA."
Encerrando com minusculas letras que despareciam logo abaixo;
"Para os que já a trazem consigo a porta se abrirá sozinha..."

Mas agora, Apavorado e com menos tempo que antes
ele se relembrou, de algumas experiências que havia perdido,
e voltou correndo ao passado, para reviver as mesmas coisas de antes...

Ele voltou! (mas foi em vã)
 e todo o seu futuro se desequilibrou!
"Pois o mesmo tinha de estar preparado
exatamente naquela hora."

QUE SERIA A SUA HORA
(MAS ELE CHEGOU FORA DO SEU TEMPO)
A SUA TERRA PROMETIDA,
NÃO ESTAVA PREPARADO PARA ELA.

Teve então de reiniciar tudo novamente,
mas depois de tanto tempo perdido,
o destino não havia aceitado as suas desculpas.

E o matriculou novamente na mesma escola,
hoje dentro da sala de aula,
aonde Esperançoso tenta manter a calma,

...(apesar da lição) Insatisfeito o Apressado nunca aprendeu
e até hoje ainda pensa que tem pouco tempo,
e ainda ignora a sabedoria da Paciência.

Inseguro, por toda a sua vida foi assim
Pouco ganhou e Muito perdeu,
Criou um ciclo interminável de tentativas e recomeços.

Houve então um dia já perto do fim,
que ele conseguiu, estava mesmo preparado e pronto.
pobre Ansioso, Perseverante enfim conseguiu
e tornou-se  o sábio que tanto sonhou ser um dia.

Poderíamos hoje, estarmos lendo
suas incontáveis inspirações,
e navegando por suas odisseias de Bardo.

Mas infelizmente não estamos,
ele não teve tempo de vida o suficiente para
deixar para trás seu legado de escritor
e sua sabedoria não contribuiu para a nossa evolução.

Uma grande perca para o mundo
(ele seus conhecimentos e suas interpretações)

Mais um Sábio desconhecido
Foi selado com todo o seu conhecimento,
dentro da eternidade de seu próprio paraíso.

Fim.

L.L.S  O Livro das Sabedoria Desconhecidas
1° Conto: O Sábio Desconhecido
...

domingo, 12 de novembro de 2017



Fique!

Eu faria;
O possível e tentaria o impossível
Para não perder as pessoas que eu amo.

Doaria órgãos do meu corpo,
para mante-los em vida,
e viveríamos bem juntinhos
com pedacinhos um do outro.

A perda só seria aceita,
se fosse para Deus.
Se houvesse uma segunda alternativa
eu trocaria
a minha vida pela sua vida,
eu daria...

Só para não ter que me despedir
de ti, antes da hora...
Doí imaginar,
e doí muito ter que aceitar,
que pessoas que amamos
tenham que ir embora.

Se fossemos donos do nosso destino,
eu faria um pedido para você hoje;
"Prometa-me que vai ficar do meu lado
por toda essa vida!"




L.L.S 

terça-feira, 7 de novembro de 2017



A vida passa muito rápido, esteja consciente disso,
para que nenhum dos últimos dias que nos restam sejam esperdiçados.
Porquê ainda virão muitas coisas importantes para decidirmos,
e, estas só nos concederam uma única chance na vida. Depois de passada essas oportunidades,
será muito tarde para lamentos e arrependimentos.

O melhor a se fazer hoje, é aproveitarmos o agora,
para demonstrarmos "Mas não em palavras, e nem em promessas"
O quanto estamos predispostos a enfrentarmos de cabeça erguida,
todas as oportunidades que ainda teremos.

Seja forte e esteja preparado, teremos novas chances para novos acertos
e também para corrigirmos nossos erros, aproveite e faça a coisa certa.
Só assim uma alma se sentirá em paz, e sem medo do que há espera do outro lado da vida.   


"O Pai de todas às luzes (Tiago 1:17)"
esteja sempre conosco, iluminando a nossa frente
o melhor caminho a se seguir.

Amém.

 L.L.S 

domingo, 5 de novembro de 2017

Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? 
(Amós 3;3)

Uma separação amigável 
(E, uma amizade imensurável)... 


O amor não foi recíproco como deveria
E com o tempo tornou-se um estranho
Diferente do que conhecemos um dia
Fez-se, a nossa realidade inversa aos nossos sonhos.

Dois mundos muito diferentes entre si
Duas pessoas ricas em controvérsias
Dividem o mesmo poder que tem de atrair
Ah! Como os loucos adoram perambular entre às inércias

Os planos de amor são mesmo mirabolantes tramas
Conseguem decifrar quimeras, e expulsarem medos
Tudo isso, para agradarem aqueles que amam.
Mas a vida a dois exige fidedignidade em seus enredos

Sempre existirá menos culpados, do quê segredos
Pairando inquestionáveis, sobre uma confusa separação.
Areia fina do deserto que escapa por entre os dedos
Ninguém é o completo dono do que tem em suas mãos. 

E o melhor caminho é não procurarmos um culpado
"Pois bem antes." ...Muito antes de chegarmos até aqui
Já nos sentíamos como duas almas completamente fora de si
Hoje não é o fim, mas sim o dia em que fomos despertados

Não prosseguiremos juntos! (concordamos entre nós)
Mas não abriremos mão de sermos bons amigos...
Prova, de que o nosso tempo não foi totalmente perdido
E que ainda temos o suficiente, para jamais nos sentirmos sós.




L.L.S

sábado, 4 de novembro de 2017



Mulher de incertezas...


O seu coração fechado,
me desafia e, eu me entrego,
preciso conquista-la!

Para tal façanha,
eu irei muito mais longe que qualquer outro tenha ido.
E insistirei todo o tempo de uma vida,
(a vida que juro ser tua) A minha vida.

Voarei muito mais alto que as aves deste mundo,
até que eu alcance os anjos do céu,
para pedir-lhes que me ajudem a chegar em teu coração...

"E lá chegando, mergulharei o mais profundo possível
(por entre os seus sonhos de amor)
e aprenderei todos os segredos que existem nele."

Tudo isso, apenas para te provar;
Quê o meu amor por ti é verdadeiro...
E ouvir de seus lábios cerrados,
a sua voz de amar (doutrora emudecida)
agora confiante, me dizendo sim.



L.L.S 

sexta-feira, 3 de novembro de 2017



A inspiração é como uma fonte inesgotável de águas cristalinas,
quê nasceu em nós... Mas, nos pede liberdade para se transformar em um rio.
"Não guarde apenas para si mesmo, o que você têm de melhor."
Só assim você se sentirá renovado/a e transbordante,
pratique a partilha de sua arte sem medo algum,
porque existem novas e grandiosas inspirações dentro de ti,
confie em sua criatividade, melhor que estar cheio
e se sentir transbordante. 


L.L.S 

terça-feira, 31 de outubro de 2017


(Poema)
Martirizado

 Sofro muito por ti, quando não consigo ser
Um de seus sonhos perdidos, é o que desejo.
Me diz tu! Por quem tanto sofro o que fazer?
Conte-me desejada, um de teus segredos...

Porque calada, me arrastas para a dor
E diante de seus olhos tristes,eu sou
Um ramo seco agarrado a sua ultima flor
Quem te feriu também me machucou.

 Enquanto não retornares a ser o que era
Eu não serei o mesmo de antes, e me recuso
A viver sem a alegria de teus risos, bela.



L.L.S

domingo, 29 de outubro de 2017


Inseguro

Conceda-me às dádivas de tuas mãos,
E todos os carinhos que existem nelas.
Para que afaguem juntas, o meu coração
Enquanto os meus olhos, observam-te bela

Toda entrelaçada ao teu corpo
A minh'alma dantes agitada, descansa...
Sou o náufrago arrastado ao porto
Pelas correntes tranquilas d'uma esperança

Ah! Dê-me paz minha querida!
Sim; 'Á de todas as certezas tuas'
Só o teu amor trará de volta a vida
Essa alma apaixonada que sente tão insegura




L.L.S

quinta-feira, 26 de outubro de 2017


Conheça mais a você mesmo, "do quê," à qualquer outra pessoa.
Saiba mais sobre ti. Esclareça com exatidão os seus gostos,
(Ninguém) será totalmente feliz, vivendo fora de si, e, se preocupando mais
com as pessoas que o cercam, que consigo mesmo.
"Quando não existe clareza em nós existem dúvidas em excesso, ex;
Quem sou!?!... O que quero!?!
O que nos agrada/ou o que nos entristece!?!
(Até que ponto nos doaremos a outrem,
e a reciprocidade que esperamos encontrar naqueles que nos cercam)"

É importante sabermos tudo a nosso respeito, pois
sem essa demonstração, e conhecimento próprio de nós mesmo,
nos tornamos pessoas impossíveis e inacessíveis, ao que realmente somos.

Ei! pare para pensar...?
Têm alguém hoje dentro de você querendo atenção,
desejando se sentir bem, e motivado para seguir em frente.
Você deve isso a si mesmo,
Amor próprio é o  Amor primordial.

Seja feliz se reencontrando novamente.

Abraço a todos, boa noite


L.L.S

IN-REFLEXÕES (A cura da Alma)

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Princesa Gótica...


Uma Princesa Gótica...

Trancou-se! Criando dentro de si mesma,
a própria prisão.

..."Em seu mundo de fantasias,
não existe espaços vagos,
Para príncipes encantados
Que se dissipam na escuridão,
como a luz do dia.

Decepcionada...

Fugiu, para o mais longínquo Sentimento
Chegando lá, libertou suas piores feras
E ordenou-lhes; "Protejam-me, nessa quimera
Para que ela só possa ser aberta por dentro!"

(É quase impossível resgata-la)

Ela está...

Escondida, na torre mais alta da terra
E o único caminho que leva até ela
Passa por um emaranhado de enigmas e fabulas

Amores?
Os que trazerem consigo, amor de corpos
Na metade do caminho serão mortos

Quem a conquistará?

Ah sim um príncipe! Que ela está esperando
Ele tem a grandeza e a bravura de amar com a alma

Ele tem a persistência dos fantasmas
que ganharam a eternidade obscura... 

(Talvez ele seja um dia
um fantasma de poeta,
dentro de sua eterna poesia)

Apenas, a este, ela facilitará, a sua entrada
(Mesmo trancada por dentro) ela saberá
Quando ele estiver se aproximando.

Ele se sentirá em casa
estando ao lado dela...

Dois anjos sem asas
E um romance capaz
de estremecer
as  profundidades da terra...



L.L.S

sexta-feira, 20 de outubro de 2017



Adorada

Se, não fossem os teu olhos, vívidos 
Teu lindo rosto, sagrado, se confundiria
Aos bustos das deusas mais belas da mitologia.

O sorriso puro, que a tua boca oferece
Despertou em minha alma a cobiça
"Juro-te por ela" (que em teu amor se aquece)
Que trouxestes-me novamente de volta à vida.

Ah!...(o primeiro olhar da tenra flor) quando se abre
Em sua primeira manhã de primavera,
São assim os meus olhos, na presença dela.





L.L.S

quarta-feira, 18 de outubro de 2017


AMOR A VIDA

Acredite! Você está longe de ter vivido, conhecido,
ou desfrutado, tudo o que a vida tem para te oferecer.
Assim como está longe de ter se esvaziado,
acredite, vc ainda não explorou, sequer um por cento, de sua criatividade.

Existem pessoas diferentes,
"não julgue todos igualmente, vc precisa conhece-las."

Sabores de comidas inimagináveis, Vc precisa prova-las.

Lugares extremamente belos, com paisagens incríveis,
e vc precisa testemunhar isso com os seus olhos.
 
Motivos de felicidade, que talvez vc não conheça,
são alegres e desmentem todas as justificativas de tédio e enfado
que nos geram tristeza.

Nada é mais valioso que viver,
por isso tudo é superável por aqui.
Você não precisa desaparecer de uma hora para outra,
"Precisa somente decidir seguir em frente!"

E um dia vai concordar comigo,
"Vale a pena brigar com todas as nossas forças, por cada dia de vida que temos."


AMOR A VIDA
AMOR A DEUS
AMOR A POESIA


L.L.S
IN-REFLEXÕES (A cura da Alma)

segunda-feira, 16 de outubro de 2017


Evite pensar excessivamente em uma só coisa,
o seu cérebro não conseguirá encontrar novas soluções, se ele estiver sufocado.
Pra te falar a verdade "mesmo se ouvir de outra pessoa"
orientações e conselhos que podem ajudar a clarear as suas ideias,
(não conseguirá compreende-los)

Quando estamos abarrotados, ansiosos e inquietos,
ficamos demasiadamente desconcentrados...
Isso interfere diretamente na nossa capacidade de discernirmos,
o que está acontecendo a nossa volta.

E, pode ser que a saída esteja bem mais perto do quê imaginávamos...

Se concentre para compreender melhor,
o que dizem às pessoas que querem te ajudar...
Junte toda sabedoria que encontrar com a sua,
"maturidade e experiência" é chegada a hora
de sairmos ao campo de batalha com as armas certas.

Pense apenas o suficiente, e guarde o que decidir para usar nas horas certas.
Agora você terá mais tempo livre, para sonhar, pensar,
se dedicar, e se preparar para novos desafios.

Pense com muita calma,
e reaja com precisão.

Boa sorte a todos!


L.L.S "IN-REFLEXÕES (A cura da alma)

domingo, 15 de outubro de 2017

Saudade, em versos de amor...


Fostes! E não mais voltastes...

Pensante, eu fico a imagina-la
Ah! Meu amor."Eu estou perdido,
Não à alcanço mais!" Ó céu entristecido
   Todas, às suas estrelas, podes guarda-las...

Eu prefiro a lua solitária que chora
Observando os amantes, tristes e sozinhos
Q'me reencontrar novamente sozinho, n'aurora
Daquele dia... Amanhecendo, sem tê-la aqui.

Sentado na varanda, dos meus olhos, vazios
 Minha lamentável vida, se sente, desolada
E meu coração, dantes acalentado, sente frio

Peço a arfante brisa, que afague o meu corpo
E que me tragam novamente o perfume das flores
Que enfeitaram teus cabelos, e suspiravam em teu rosto

O vento da aragem assopra, "ele é brando,"
E não têm pressa, em me afagar
Ele me inspira a sofrer, imaginando
Que a qualquer momento, ela, pode voltar







L.L.S

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

(Poema) Cativo...

CATIVO

"Há qualquer momento eu serei libertado!"
...(sonha com esse dia) o meu coração aprisionado.
O amor quando esquecido, se tranca na torre mais alta
e por lá, ele espera sozinho "que sintam logo a sua falta"

Meu coração não é tão seguro como imaginei
Ele pode ser aberto! Tanto por dentro quanto por fora
Quem ele espera... Sabe e conhece o caminho de volta
E, talvez se arrependa ao recordar; "Porque o deixei?"

Fui deixado neste paraíso para sofrer...
Um lugar vazio pela ausência de quem ama
faz com o que é belo crepite e arda como chamas.
Se eu for esquecido, por aqui esperando, hei de morrer.



L.L.S

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

(Romance) O lado obscuro de Mariana


Autor; L.L.S

I- Noite Escura

Um blecaute inesperado, todas as luzes acesas se apagam simultaneamente
alguns gritos de susto (ouvimos)  A cidade está mergulhada no escuro,
escutamos muitos burburinhos, e algumas gargalhadas estridentes
um breve suspense se espalha entre todos, dissipando pouco a pouco a euforia
artificial das pessoas que ainda se encontravam na rua, longe da segurança de suas casas.
Os últimos sons de vozes que ouvimos, foram de despedidas e de boa noite,
o silêncio veio ao encalço de todos, como o perseguidor pisando na sombra
insegura, de seus foragidos. 

—Precisamos voltar!

Um prenuncio de chuva forte uivava através dos ventos,
e, eu precisava leva-la de volta, seus pais deveriam estar muito preocupados com ela.

Mariana me surpreendeu, (eu esperava a qualquer momento)
que ela demonstrasse alguma  reação de medo ou insegurança.
E tudo o que eu consegui notar e ouvir dela, foram algumas cantinelas sussurradas,
das quais eu podia apenas ouvir, e por mais que tentasse não entendia a letra dessas canções.
Parecia estar extasiada e apreciando a escuridão que nos cercava, e quando resolveu
me responder foi em tom estranhamente sarcástico;

—Coitadinho! —Você tem medo do escuro?
—Tens medo de mim agora, que não podes mais me enxergar?

(a estranho completamente)...

A Mariana que aceitou o convite para sair comigo, naquela noite,
jamais seria tão irônica assim, "eu a conhecia há muito tempo
ou melhor dizendo; (pensava que a conhecia)"

Tinha os cabelos mais castanhos e lisos que eu já tinha visto,
e era em meio a eles, que o belíssimo e meigo rosto dela se destacava.
Como um luar de brilho intenso, "só quê, em uma noite sem estrelas"
foi assim que eu havia me apaixonado por ela, Admirando a sua beleza.

Preferi não responde-la, tentando convence-la que deveria leva-la de volta para a sua casa.
Mas ela enlaçando o seu dedo mindinho ao meu, deixou claro que ela não tinha
nenhuma intenção de voltar, não agora. Já estávamos nos arredores da cidade, quase
chegando a estrada do campo que termina aos pés de uma pequena colina,
aonde resiste preservada a misteriosa sede abandonada, da fazenda Senzala.

II- A estrada do campo

"Não posso negar que apesar da preocupação que eu tinha, com a tempestade anunciada,
eu estava empolgado! Ela é perfeita acrescento-lhe também ousadia, bela e destemida,
 e isso me inspirava arroubos e excitação,
Mas não queria tirar proveito daquela situação."

—Mariana precisamos voltar, —já está ficando tarde e nos distanciamos muito da cidade!

 Mais uma vez sou surpreendido por ela ao dizer;

—A noite está perfeita! —Como eu desejei que fosse. —apenas me acompanhe
—quero te levar a um lugar que costumo ir, —o frequento desde a minha infância 

 "Como uma menina tão meiga, frágil e dócil como ela poderia ter na mémoria lembranças
boas de um lugar sombrio e triste como aquele."

—Amanhã de dia você me mostra! —Prometo busca-la no inicio da tarde.
—Está muito escuro e não conseguiremos ver nada nesse breu  Mariana.

Insisto, mas é inútil não consigo persuadi-la, seus disparates eram mais insistentes do que eu.
  
A velha e sinuosa estrada do campo, era um lençol de areias brancas,
sua textura abaixo de nossos pés e seu fraco contraste na escuridão nos guiava,

—Olha tem de ser a noite mesmo! —E quanto mais escura for (melhor ainda)
Agora estou perplexo e atordoado, ouvindo-a dizendo isso.
—Será que Mariana sofre algum tipo de distúrbio mental?
 (suspiro) Tomara que não,

 III Encantado e despercebido

Me recordo, que era para ser apenas um simples passeio, e que eu havia preparado tudo
para que ele fosse um passeio muito romântico, e no decorrer do mesmo eu
tinha a intenção de pedi-la em namoro, já havia até mesmo deixado transparecer
isso aos seus pais quando fui busca-la em sua casa.

Agora também me recordo que alguma coisa estava errada desde o inicio,
quando ela disse a eles; —Não nos esperem acordados, não sei a que hora voltaremos!
E isso me motivou e me deixou mais confiante, ela estava tão linda que não considerei
os gestos de silêncio que eles fizeram a ela, como se soubessem de algum segredo,
do qual não iriam interferir para que ele fosse revelado.

Entre uma vez e outra, ela se encosta sobre o meu corpo e isso me conforta,
e me encoraja. Eu a amo mesmo assim, em meio ao seus disparates.
Ela estava tão perfumada, que me sentia caminhando em meio à um campo de flores.

—Eu estou vendo eles!!! Ela me assusta e rapidamente a pergunto; —Quem você está vendo?
Aquela história estava indo longe demais, estávamos completamente sozinhos ali,
era impossível enxergar alguém naquela escuridão tão densa. —Consegui ouvi-los?
"Ela me fez essa pergunta"  estou certo que ela é mesmo maluca, mas não a trato
como se fosse. Procuro agrada-la —Quem são eles? —E o que eles estão dizendo ou fazendo?

IV Os fantasmas de Mariana

 —Aquele com as costas feridas é Ajandu Sirhan,
Ele me disse estar colhendo botões de flores
Para sua mulata preferida "Adanna Zunduri...."

Sou tentado a confronta-la;

—Você está querendo me dizer —que está tendo visões do passado?
—e elas são dos tempos da escravidão?

Se houvesse sequer uma pequena nesga de luz
sobre o meu rosto, ela enxergaria perfeitamente,
o meu espanto misturado com uma dose forte de pura incredulidade, seguida de
um esforço mudo, para não soltar uma desleixada e duvidosa gargalhada.

["Todos conheciam as histórias, e horrores que povoavam as lendas
da antiga fazenda Senzala, e não foram poucos os arrendatários daquelas terras
que desistiram de cultiva-la, e todos os relatos coincidiam, entre si,
todos que passaram por ela juravam que a fazenda era mesmo assombrada.

Com base em superstições e boatos, seguidamente confirmadas
(Mesmo sendo farta de nascentes de agua, e ter uma terra muito fértil)
A fazenda Senzala estava fora do interesse de agricultores e fazendeiros da região,
que preferiam investir e expandir suas áreas de cultivo em terras que diziam
 não serem Amaldiçoadas."]
 
Agora eu me encontrava sozinho com alguém que insiste em afirmar,
que não só, ver estes fantasmas, como também os conhece (um a um)
relatando seus aspectos, e dizendo-me os seus nomes.

—O esquecimento é mesmo uma prisão —e a ignorância é um falso paraíso.
Disse-me isso, e depois me replicou com severidade,
—Você é mesmo um tolo acorrentado há uma pequena pedra!
—(conseguiria facilmente se libertar, mas prefere arrasta-la contigo aonde quer que vá)

Ela estava decepcionada comigo, era mesmo uma pessoa muito sensível,
uma sensibilidade notoriamente muito apurada, ela parecia saber mesmo de tudo,
"o que eu estava pensando e sentindo naquele momento."

Tive muita vergonha de mim mesmo, nessa hora
permanecendo calado por um bom tempo, tentando me entender melhor.

E cheguei a uma conclusão —não sabia porquê [?] mas continuava amando-a,
mesmo diante dessa sua confusão mental que ela deixava transparecer,
sentia necessidade de continuar amando-a, foi ai que eu então decidi,
permanecer sob quaisquer circunstâncias do seu lado.

Eu sempre acreditei, quê, quem ama se lança ao impossível se preciso for!
Comecei a imagina-la como uma pessoa extremamente incrível,
fui inspirado através do que existia, apenas aos olhos dela,
e a admirar os relatos sobrenaturais contados por ela.

Houve então entre nós dois uma fusão de vontades,
—Obrigado! ela sussurrou em meus ouvidos, e logo depois me deu um beijo reconfortante,
e mesmo sem dizer nenhuma palavra,
eu pude sentir que iniciávamos a nossa cumplicidade juntos.

—Devemos nos apressar, todos os dias a essa hora,  os escravos de almas Ajani
são castigados. —com você ao meu lado, me sentirei mais forte para ajuda-los.

"Que loucura!" Eu estava adorando estar ali,a partir daquele ponto,
(aonde assumi, os riscos dessa loucura e jurei o meu amor por ela.)
Minha quimera de amor começou a ganhar vida,
e um romance surreal nasceria nas sombras do sobrenatural.

Eu estava sendo arrastado por ela, que corria pelas terras 
tomadas pela escuridão, como se fosse dia.

—chegamos!?! —consegui perceber pelos vultos
do casarão em ruínas da antiga fazenda.

Contornamos aquele fantasmagórico, casarão que parecia nos seguir,
com as suas janelas rangentes. E, a mais profunda escuridão
parecia escapar por entre as suas frestas e tentavam nos engolir.

Chegamos ao que parecia ser os galpões e paióis, 
me assusto muito, com o choro desesperado de Mariana...

—É aqui que  nascem os gritos de dores, implorando para serem mortos.
 —estou vendo Abebe e seus filhos estão sendo castigados, acorrentados ao tronco
―sendo forçados a olharem a maldade nos olhos de seus agressores, 

—Quem os castiga? (aflito e impotente eu me sentia)  Mariana estava sofrendo
e seu pranto me arrastava para junto dela e nada deste mundo nem d'outro,
arrancaria ela de minhas mãos.
Tentava ocupa-la com diversas de perguntas, mas o que eu precisava mesmo
era ganhar tempo para acalma-la e para compreende-la,
(queria ajuda-la) e para isso eu tinha de conhecer melhor a sua cabecinha tão atordoada.

Escuto sua voz doce e desconsolada, dizendo coisas do outro mundo
como se realmente estivesse lá, presenciando tudo aquilo que a atormenta...

—Getro o capataz! —Incitado por Ernesto, chefe dos capitães-do-mato (este)
tem alma perturbada, arrasta o inferno para afligir os que foram libertados pela morte.
 —Estão bêbados e se divertem juntos, arrancando dores da alma de Abebe e de seus filhos,
eles foram apanhados enquanto perseguiam os seus sonhos de liberdade.
—Abebe e seus filhos estão me pedindo que os ajudem a escapar.

A empatia deve ser mesmo um carma, uma estigma predestinada 
para as mais puras e bondosas almas. Tento acalma-la, quero protege-la,
quero que ela saiba disso, e que sinta que nunca mais estará sozinha,
nem mesmo na mais densa das escuridões que possas repousar sobre a sua alma.

—preciso fazer alguma coisa logo estarei de volta!
Antes que eu conseguisse lhe dizer mais alguma coisa,
Ela desmaia em meus braços.

Sou invadido pelos fados e elegias que esmiúçam e despedaçam
o coração dos mais valentes Bardos,
quando são castigados pelo destino
a viverem longe de suas amadas.

"A mais linda de todas as rosas
agora é um corpo perfumado
desprendido de sua alma,
protegido apenas por meus braços."


V Não quero perdê-la  na escuridão


—O medo de não tê-la de volta
me fez prometer que jamais a deixaria...
"Insistentemente a chamo, —tentando acorda-la,
Mas ela não reage e parece se perder
Dentro daquele mundo de fantasias"

Penso em voltar para a cidade
Andei ,por um bom tempo
carregando ela em meus braços,
eu estava muito desesperado.

Precisa buscar ajuda, mas não conseguia
encontrar o caminho de volta. (mas ele foi engolido)
Pela escuridão, apenas me guio pelo que ouço
Naquela noite só se conseguia ouvir os trovões
rugindo por todos os lado no céu

—logo virá a tempestade...?
E nem mesmo um abrigo conseguia encontrar,
para nos abrigarmos.

E, quanto mais eu me desesperava,
mais ainda, eu me perdia
sem saber o que havia acontecido com ela
tive medo que ela pudesse morrer em meus braços.

As únicas luzes a nossa volta eram fracas e muito pequenas,
olhos de pirilampos assustados ziguezagueando na escuridão
e eles eram como estrelas vagando pelo universo perdidas
Na mais profunda inércia, eu me sentia sozinho e abandonado
num infinito de trevas que pareciam não ter fim...

Eu me perdia. Com medo do que poderia acontecer naquela noite

E,se, ela não mais voltasse? E se o teu olhar não mais brilhasse...?

Minha vida estaria plantada nas margens obscuras
deste segredo. Auroras que precedem a candura dos dias
não mais trariam para mim os seus enredos,
pra que me serviria então a luz dos novos dias?

...Se meus olhos não conseguissem mais a encontrar,
não mais desejava estar aqui quando o dia chegar.

Aquela que eu amo, é como a brisa que navega na superfície do mar,
—Sim! "Ela estava perdida dentro de uma noite sem luar."
   
As horas estavam sombrias e lentas
A madrugada estava se aproximando 
—Dava pra se notar o seu esforço,
naquela maldita escuridão, pesada e densa.

Passou se um bom tempo
e, eu me sentia muito cansado,
de lutar contra aquele profundo silêncio
que vinha de seu corpo inanimado

De repente, muito rápido
Ela volta, tão depressa
como havia partido

(Depois de um suspiro muito forte)
Como alguém
que se desvencilhou dos braços de sua própria morte
ela desperta,
 (e, eu não preciso da luz para enxergar teu brilho)

—O amor não é apenas um sentimento,
"ele é um dom, que para sempre nos liberta."

  —Ainda estás aqui! ela suspira, ao encontrar-se
com o amor que eu havia prometido a ela.

Naquele exato momento,
a tempestade anunciada desistiu
Ao longe já avistávamos o clarão
artificial das luzes da cidade...
E a lua pairada no céu,
despejava a sua luz na escuridão.
 
 
Continua...
 

domingo, 8 de outubro de 2017

(Poema) Depois que me disse não...

 🆅🅸🅰🅹🅰🅽🆃🅴🆂 🅳🅾 🆃🅴🅼🅿🅾
 
Eu retornei convicto a Dantes
Para refazer a novamente a nossa história.
Caminhei por um longo tempo
Para retornar algumas poucas horas

Apenas o tempo suficiente
Para interferir em sua decisão
E, impedir que um dia se arrependa,
E seja muito tarde para mudar o passado.
 
—Consegui! Estou exausto,
mas vai valer a pena ter voltado,
(eu lhe darei mais tempo para pensar)

E independente de qual seja a sua resposta,
Prometo-lhe amada; No tempo, não mais voltar. 




L.L.S

sábado, 7 de outubro de 2017

Reflexões (A cura da Alma)

O que eu tenho?


Você pode passar pelos lugares mais lindos da terra
e presenciar os fenômenos mais raros do mundo...
E não se lembrar de nada!
Isso não é um sinal de esquecimento
"Só se esquece o que um dia foi gravado."
E isso não acontece com os desatentos.

Alguns sons para serem ouvidos,
exigem de nós; Concentração e Silêncio.
A calma é uma solicitude da Alma

Uma estrada silenciosa,
pode estar abundantemente cheia  de surpresas boas
Quem deseja suspira
E quem almeja inspira-se, com o que têm a sua volta

Você pode passar pelos lugares mais tristes da terra,
E conhecer o que chamam de Fim de Mundo.
E mesmo assim, sentir saudade do que vivenciou ali!

"Compreensão e desprendimento,
aguça a nossa sensibilidade."

E são bem poucas, as palavras
que podem preencher o vazio mortal de alguns silêncios.

Uma estrada de pedras pontiagudas,
Pode ser igual ao caminho trilhado pelas belíssimas rosas
(Não são os espinhos) Que hão de nos impedir
De encontrarmos o melhor
de todas as coisas que estão a nossa volta.

Em todas elas,
está o melhor que existe em mim!

L.L.S
In- Reflexões (A cura da Alma)

(Poema) Perfeito Alvor



Feito as águas de um remanso calmo
A descansar na mais bela das enseadas
Teu rosto repousas sobre o meu peito,

Atenho-lhe, segura entre os meus braços
Para que sejas à mais linda flor já cultivada.
Navegas confiante pelo meu amor,
Como um rio entregue ao seu leito. 

As estrelas cadentes foram todas colhidas
E pelo brilho de teus olhos são restauradas
Foram os teus sonhos realizados,
que lhas devolveram a vida.

Um segundo universo existe!
Dentro de ti minha amada
"Intacto e Preservado...

E, eu estou as portas deste paraíso.
Passando a aurora surgirá o alvor
E caminhando pelo teu rosto lindo,
Sempre encontrarei, o mais perfeito amor."






L.L.S

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

O Instinto da Arte


Talvez hoje, você não esteja como queria estar. O mais importante, é
que você sabe, aonde quer chegar.
E a medida em que o tempo está passando, você está crescendo em confiança,
e, se sentindo mais forte...
Lembre-se; Você não está perdendo, Está sendo Preparado/a!
Por isso, projete-se antes e domine com extrema habilidade a sua arte,
para que não sejas pego/a de surpresa.




L.L.S
⛅...
Procure absorver a essência da vida
Como ao ar puro que chega aos nossos pulmões
Não sejas impaciente, "Poupe o seu fôlego,
e reajas apenas nas horas certas."
Exerça a sua confiança, ela lhe mostrará a saída.
Prepare-se bem, e crie planos para suas reações
Nunca vá a uma guerra despreparado e com medo.
Tentativas? Jamais desista delas,
são elas que te ensinarão a fazer as escolhas certas.

Boa sorte a todos! 

By  L.L.S
In-Reflexões (A Cura da Alma)
  

domingo, 1 de outubro de 2017

CAMINHE COMIGO POR ESTE MUNDO INSPIRADOR



Quando a inspiração não vêm...!?
(Não espere)"Vá ao encontro dela!"



Folhas em branco "Me desafiam!"
Algumas centenas delas, já foram preenchidas
e reconheço (elas me venceram) ainda que inacabadas
foram mais fortes do que eu.

Há em mim, um vazio bem maior que aquele
que encontro nelas. "Como também existe dentro de mim
um amontoado de inspirações esquecidas em um canto qualquer."

As vezes troco as cores das canetas, que uso para escrever
faço assim também com minhas canções preferidas
quando não conseguem mais me inspirar (mudo-as para outros ritmos)

Deixo de amar,
para me inscrever no amor novamente,
preciso voltar a ser um aprendiz
"O que deixei de fazer? O que eu perdi?
O que devia ser feito? (e, eu não fiz...)

Deixo até mesmo de sonhar para me ouvir ofegante,
estou perdido, apaixonado, sem sono, e buscando uma saída.

E tudo o que eu tenho, é; uma quimera difusa
uma paixão oculta e um desejo confuso...
Versos dispersos que se misturam a penumbra
são os meus raios de luz.

Algumas vezes desisto de viver, é assim que eu me sinto
quando não consigo descrever o meu imaginário.

A escrita é um desafio "Exige-nos FÉ,
até aonde iremos por amor a essa arte?
"Do tamanho da fé de um homem é o seu deus."
E, a esperança é uma promessa para aqueles
que ao encontro de seus sonhos partem...

Porque inspiração não se explica!
Ela acontece naturalmente, em algumas vezes
se sabe o caminho por onde seguir,
e por outras vezes, só quando estamos a caminho
que nós iremos descobri-la.
 
...O silencio deste afã logo será quebrado,
e todas as coisas deste mundo nos dirão algo,
acerca de si mesmas.

Ficções, Romances, Poemas, Canções
Aventuras, Coragens, Medos e superações.

Pegue a sua linha de inspiração, e concentre-se;
Para descrever com clareza tudo o que vê...


POR ESTE MUNDO INSPIRADOR


L.L.S 

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

(Poema) Sob os teus cuidados...



Teus cuidados, de amor, são grandes!
"Como o tempo, aonde o fim se esconde."

Milhares de anos caminharão, perdidos...
E aonde eles chegarem, se sentirão esquecidos.

Não sejas eu, um deles a me sentir sozinho,
Aonde quer que eu vá, cerca-me, com os teus carinhos

Sentindo-me amado, desprezo o medo a minha frente
Cidade fortificada, Doravante!...
Protegidos por teus muros descansam os valentes.
(Apenas tu amada, revigoras a minh'alma arfante)

Tenho pressa de retornar ao teu amor sem fim
Me sinto muito mais forte, tendo-a junto a mim.



L.L.S

domingo, 24 de setembro de 2017





Sem olhar para trás!

Cada qual deve seguir, seu próprio instinto.
Por onde ele nos guia, ele também nos Apraz

É como se, em total confiança ignorássemos o destino
renunciando todas as percas do passado. Em direção a Paz!

E de costas para as que não foram nossas escolhas,
devemos entregar todas as nossas dores ao esquecimento.

Nenhuma cicatriz será capaz de sobreviver a um renascimento,
e não existem derrotas fortes o bastante, para serem relembradas
diante de novas conquistas. Serão esquecidas. "Serão apagadas!"

Comemore hoje, o tempo que ainda tem pela frente.
E DESSA VEZ (mais amadurecido/a) FAÇA DIFERENTE.

Boa sorte a todos!

L.L.S
In-Reflexões (A cura da Alma)

sábado, 23 de setembro de 2017

(CONTO) A fraca luz que ofusca o luar...



No fim da curva
a estrada se divide.
E do outro lado da rua
há, um ponto de espera.
Alguns dos que estão ali,
se sentem profundamente livres.
Luzes e sombras artificiais,
ofuscam do céu o clarão da lua.

Uma silhueta me chama a atenção
"um jogo de contornos
que se movimenta, sem parar."
Impaciente são as incertezas de uma espera!
Sim! O sonho e a realidade
são mesmos eternos rivais.

Eu fui atraído pela penumbra,
e dentro dela, me senti livre para sonhar.
E seduzido pela sombra daquela mulher,
me distanciei das luzes que iluminavam a cidade.

Precisava conhece-la melhor
e foi o que fiz, naquela hora!
Atravessei rapidamente a rua,
(o segredo de certa forma desperta o desejo)
Eu estava no caminho certo
estava indo em sua direção.

A paixão pela vida guia os cegos,
e o medo de viver o que desejamos, devora
às nossas almas lentamente...
Pensando assim, e vivendo assim
eu sempre me entrego.

Nem mesmo sei,
se aquele, era mesmo o seu nome.
Nem sei porquê,
mudei o meu nome?
(ao me apresentar a ela)

Penso que seja o medo de se envolver,
e no fim acabar se apaixonando,
um pelo outro.

Não conheço bem o seu rosto,
a noite aqui embaixo e iluminada por estrelas artificiais,
e cada rosto tem uma noite própria,
que os acobertam, e os protegem.

Conheço e me lembro bem,
do seu perfume, do gosto do seu beijo,
e dos contornos do seu corpo.

Passamos juntos, apenas algumas horas,
e elas não foram eternas.
É! "Os dias que nascem afugentam as auroras."

Ela escolheu viver de esperas,
me deu um ultimo beijo e foi embora,
prometendo me esperar,
todas às noites no mesmo lugar;
Aonde a fraca luz ofusca o luar.

FIM.

Autor; L.L.S

sexta-feira, 22 de setembro de 2017


"FLORES DA LONGEVIDADE"


Alfombras coloridas
enfeitam e cobrem o solo...
E brisas perfumadas
tomam conta do ar...

A virtude das plantas
é uma essência DIVINA
que caminha pela terra...

Sustentáculo das nossas vidas
e inspiração das nossas almas...
Enfim chegastes "PRIMAVERA"

Trazendo milhares de cores,
cobrindo bosques e campos,
o que vemos são promessas de fartura

Tuas belíssimas rosas e flores
são auréolas de anjos,
que coroam vossa bravura...

Chegastes a superfície da terra
e a encontrou sendo devastada
pelos homens e suas invenções...

A mãe natureza saiu a guerra
como o bravo soldado
empunhando a sua espada!

Ela vencendo,
todos nós venceremos,
e, viveremos!
 
E, se? (porventura)
Ela vier a perder um dia?

Nesse dia a terra já estará morta,
e o solo sem forças,
para alimentar as suas rosas...



VIVA A PRIMAVERA





L.L.S

terça-feira, 19 de setembro de 2017



(HUaMOR)  "Lindos, são os teus olhos!


Ei! "Goste do humor das coisas bem simples,
(eles são abundantes) E estão por toda parte."

E, não é segredo nenhum,
"Quê a graça eleva a beleza de qualquer um."

Aprecie os elogios sinceros,  
"e admire a sensibilidade
daqueles que enxergam, bem mais que aparências."  

A verdadeira beleza que temos,
dependerá muito do ponto de vista
de quem nos olha,
e, do que eles preferem enxergar em nós/
ou vice-versa. 

Quando se tem, carinho e respeito no olhar
fica muito fácil,
"de a si mesmo em outra pessoa, encontrar."
   
A felicidade que temos,
adorna nosso mundo e quem somos.

Todos, trazem consigo muito mais do quê
aquilo que vemos.

E podem encontrar em nós,
bem mais (quê aquilo) que eles estão procurando.

SEJA LINDO/A DE OLHAR.




  L.L.S
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...