music

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

A magia do amor...





 Antes  de você...

Nada tinha...
Apenas um,
os segundos, ( percebidos )...
Um- a- um.


Sem expansão...
Apenas noites, e dias!
Para quem, o entoar da canção?
E os sorrisos de alegria?


Antes de tudo...
Antes de você!
Mundo era apenas mundo...
Noites? Para,( o escurecer)


Já perto e sem, o (saber)
O nada, se moveu...
Sem me entender,
Coração estremeceu!



Você surgia...
Pouco a pouco vinha...
E eu não percebia,
quê serias minha.


E sozinha,
vinha, no caminho dos sonhos e das fadas.
E do nada, eu pude te conhecer,
a nossa história seria iniciada...


Habitarias, este(meu) coração deserto!
E, eu cresceria, dentro do teu peito,
o fim deste nada, estava tão perto...
Havia criação em nós, um conto de amor perfeito.





Com você...


Estamos juntos, e nós amando,
os desertos e vales estão florindo...
Nosso amor coabitando,
eu, você e o nosso próprio paraíso.


Sem timidez ou vergonha,
estamos nos olhando...
Você me provoca e me assanha,
e o amor desejado, vai se multiplicando!


Vamos passear juntos?
No caminho das águas...
Corremos entre as planícies de juncos!
E como se tudo fosse um sonho, combinado,
acordamos (ao mesmo tempo) na madrugada...



Vamos saudar o pôr do sol ao mesmo tempo!
"Bem vindo ao nosso mundo!!"
Cortejos e beijos lançarmos nos ventos...
E caminhar na calma da noite,
 e no alto dos montes, contarmos os segundos!



Agora, você habita em mim,
e eu, faço (parte de você)...
E juntos, respondemos as rimas da solidão,
sem ter nexos e sem se preocupar com o fim!
Não existem respostas,
que expliquem as tomadas do coração...
Apenas há, o querer ,  viver e o acontecer...



A magia do Amor...Parte...3...e....4....





A magia do Amor...

Parte: ...3...

Os nossos dias...


Perdi tudo, (do quê era apenas meu)...
Para viver, esse novo propósito,
transformados em dois, o meu e o seu.
Agora nesse momento jamais findo, só existirá o nosso!


Planos, sonhos, e o viver, de todos os dias, são nossos agora!
A história continuada...
Sob encantamentos, amor destinado a ultrapassar incontáveis auroras...
Nossa jornada, agora solícita e desejada.



Já te conheço bem,o (seu admirar pôr flores)...
O seu zelo por amar...
Me desfaz de amores...
Vou eu, todos os dias te cultivar...



Jardim és,
e, e todo meu...
A balança da vida, em seu próprio canto...
A minha rosa vive, (e sou, o zelador teu)
Me rendendo aos teus encantos...



E entregue, a mim se oferece...
(Quando a ouço cantar baixinho),
sabes quê me aproximo!
Com um enorme buquê de carinhos...
E flores de mimos...


Colhidas pra ti, todos os dias,
(e tímida ainda), fecha os olhos ao me ver chegar!
Sabes quê nunca, deixarás de ouvir minha poesia...
E eu sei quê nunca deixarei de te  amar...



E o tempo, (segue) a marcar,
Os nossos dias...


 A magia do Amor...

Parte:4




A última lua...


Para quem, foram os dias?
E os entoados do amor?
As minhas poesia?
O meu louvor?


(Todos os dias foram nossos)
E estes regados por poesias,
 vividos e contados, sem esforços...
A canção dos apaixonados, embalava os nossos dias!



(A luz do sol pesou em nossos olhos)
E as noites pouco a pouco se tornaram mais frias,
semeamos muito, plantamos e  colhemos, nossos molhos!
E a vida (nossa calmaria) segue, e já e tardia...


"O que existe de medo em nós?"
Vivemos a plenitude da bondade de Deus!
E com gratidão ouvíamos a sua voz... 
E nosso grato favor, na paz do ultimo adeus!


A nossa lua será eterna como o céu...
E nossa historia será contada!
A noiva,(mais bem cortejada) espalhando o seu  véu!
Por viver uma eterna vida, (apaixonada)


E, eu serei o teu manto, adornado com infinitas estrelas...
E a mais bela poesia (sempre será a tua)
O melhor sonho, deste poeta, foi poder vivê-la!
Vamos partir e deixar por aqui, o perdurar,  Da nossa ultima lua.




 A magia do Amor...


Parte: 5  (fim)


As duas pontas do Arco íris...


 Uma historia para ser lembrada,
A meio arco, colorindo o céu...
(Há um portal no fim da estrada)
Para quem amou, (não seguir esmos e léus)


Neste mundo, vivem sonhos que se encontram,
estes, desafiam a realidade!
A jornada do amor a todos encanta!
(Faz brotar flores) na aridez da saudade...



E, e lá (na saudade) que brotam as lágrimas mais doces!
Um olhar, pelo arco íris, e encontrei...
Um caminho de cores, entre nuvens de algodão doce!
Contando, a trajetória, de uma Rainha e o seu Rei...


(Talvez o corpo seja, realmente belo)
E, a mulher reine sobre este castelo!
"Mas? Qual beleza e preservada até o fim?"
(no cair das geadas, e no ardor do sol, sobre as plantações de jasmins)


Se o amor deixou, pistas para ser lembrado...
Vou seguir este arco íris, em seus dois lados!
Para (aprender) a viver poesias, a magia do amor, não conhece final,
o mundo se encanta, e as nuvens açucara, não existem cores igual.


Vamos atravessar, o portal do amor (eu e você)
Desconhecendo o que e finito, e o que e mortal...
As lágrimas devem ser doces ( pois logo vai chover)
E dirão entre si " Arco íris tão belo, nunca vimos outro igual".

As duas pontas do arco íris...

Fim....


Autor:  Lourisvaldo Lopes da Silva.


lorisvaldolopes.blogspot.com.br



Obrigado pela tua visita ao blogger  " SEMENTESLANÇADAS"...
Deus abençoe tua jornada!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados